Logo We Love Beer
Curiosidades
Dia Nacional do Escritor: Destacamos a importância dos escritores na literatura

Dia Nacional do Escritor: Destacamos a importância dos escritores na literatura

Quem não se aventurou mergulhando em livros? Muitas vezes queremos um refúgio do nosso cotidiano e encontramos isso em uma história bem contada. São inúmeras categorias que agradam os mais diversos leitores, desde aquele que gosta de ler algo com começo, meio e fim, até o amante por conteúdo específico de sua área, como psicologia, turismo e tantos outros que ficaríamos muito tempo citando. Realmente a literatura é uma cultura muito rica em nosso país. E não foi à toa que, em 1960, a União Brasileira de Escritores definiu o dia 25 de julho como o Dia Nacional do Escritor.

Contudo, existe um assunto que não podemos deixar de falar. Trata-se da cerveja, é claro. Apesar de ser apenas uma bebida, o conteúdo é extenso e exige muito estudo. São histórias desde os primórdios da humanidade. Além disso, muitos são os estudantes que procuram por conhecimento, como os sommeliers de cerveja, por exemplo. As prateleiras das livrarias têm ganhado cada vez mais espaço para este tipo de livro e leitores apaixonados pelo universo cervejeiro.

A cerveja é uma das bebidas prediletas e mais inspiradoras de escritores renomados, conhecidos mundo afora. Exemplo disso, é o poetinha mais querido do Brasil, Vinicius de Moraes. Em um de seus sucessos, escreveu “Tudo na Mais Santa Paz”. Parte da letra diz “Acabou a festa, amor. Ainda tem uma cerveja no congelador. Vamos ao que resta, amor. ” Essa e outras composições podem ter sido escritas no bar conhecido na época como Bar Veloso, no bairro de Ipanema, no Rio de Janeiro. Hoje o local tem o nome de “Garota de Ipanema” e a rua que está localizado carrega o nome do poeta brasileiro.

A boêmia acompanhada de cerveja também fez parte da vida do escritor, cantor, compositor Chico Buarque. O galã de olhos azuis não chama atenção apenas pela beleza física, mas também pela sensibilidade em suas composições. A música “Feijoada Completa” mostra muito bem isso e ainda cita a bebida: “Eles vão com uma sede de anteontem. Salta a cerveja estupidamente gelada para um batalhão. E vamos botar água no feijão”. Entre os locais que o artista costuma ir, está o Bar Semente, localizado no bairro da Lapa, no Rio de Janeiro.

Citamos dois grandes escritores que tiveram sua trajetória na Cidade Maravilhosa. E que tal lembrar de um curitibano? Conhecido pela frase “O Rio é o mar. Curitiba, o bar”, Paulo Leminski foi um importante escritor e poeta brasileiro. Fã de uma boa cerveja, possivelmente tinhas suas inspirações no Bar Stuart – um dos mais antigos da capital paranaense, aberto em 1904. O escritor ia ao local com frequência.

Apesar dos escritores terem um dia de celebração aqui no Brasil, existem eventos e seminários que procuram ressaltar a importância deles no mundo inteiro. A Festa Literária Internacional ou apenas FLIP é um dos principais exemplos disso. Um dos mais importantes festivais literários, acontece uma vez por ano na cidade de Paraty e procura homenagear um escritor a cada edição. Além disso, realiza discussões e debates sobre o cenário literário no mundo.

Compartilhe