Logo We Love Beer
Curiosidades
Ex-Publicitário larga profissão para ser blogueiro. Conheça Guilherme Cury.

Ex-Publicitário larga profissão para ser blogueiro. Conheça Guilherme Cury.

Quem nunca pensou em jogar tudo para o alto e tentar algo novo na vida? Alguma coisa que não tem a mínima ideia se vai dar certo? Muitos de nós, certamente. É algo totalmente desafiador e que exige coragem. Geralmente, esse tipo de decisão fica ainda mais difícil quando esta nova etapa da vida irá alterar complemente aquele dinheiro recebido todo mês e a segurança de ter um emprego fixo.

Esse cenário faz parte da vida do blogueiro Guilherme Cury. Formado em publicidade e propaganda, tinha o cotidiano agitado em agência de publicidade, onde atuava como diretor de arte, gerenciando uma equipe cujos principais objetivos eram elaborar campanhas excelentes.

O publicitário largou um dos cargos mais desejados da profissão e a rotina para se aventurar no mundo virtual dos blogs. Atualmente produz conteúdo para o público masculino com os blogs Tudo para Homens e Moda para Homens. E será que deu certo? Como será que ele está vivendo? Vamos descobrir abaixo em uma entrevista com este “guru” da web:

Por quanto tempo você trabalhou como publicitário? Conte sua trajetória.

Eu me mudei para São Paulo para estudar publicidade e me focar na carreira. Desde os 18 anos eu já comecei a trabalhar em agências. E isso durou até os 24 anos. Portanto, foram seis anos. Confesso que equivaleram por 30. Rs.

Por que resolveu mudar totalmente seu cotidiano?

Eu comecei a ver que esse tipo de cotidiano não era o que eu queria para minha vida. Eu respeito quem gosta do sistema atual de trabalho na área de publicidade, mas não era para mim. Eu gosto de ter meu fim de semana tranquilo para fazer minhas coisas. Gosto de ter meu horário livre do dia-a-dia para eu decidir o que quero fazer da minha vida. E também, como um bom representante da geração Y, não gosto muito de chefes me controlando.

Quais foram seus medos e quem te apoiou a continuar com o plano de largar a carreira?

Meus pais sempre me apoiaram muito nas minhas decisões. Mas quem mais me apoiou nessa decisão foi eu mesmo. Confesso que ouvi aquela voz interna me dizendo para seguir um novo rumo e ser feliz. E foi isso que me fez tomar essa decisão e focar nos meus projetos. Parece bobeira, mas quem aprende a “ouvir” essa voz interna para de apenas “escutar” e começa a fazer.

Como o blog traz retorno financeiro para você?

Existem várias formas de anunciar nos blogs. Das mídias fechadas (banners) até publieditoriais, mídias sociais ou mesmo presença em eventos. Os preços variam de acordo com a mídia ou pacote, mas vai de R$1.000,00 até o infinito. Rs.

Quando você percebeu que poderia viver disso e que a vida de blogueiro estava dando certo?

Eu já estava começando a ganhar o mesmo que ganhava dentro de uma agência de publicidade. O que eu resolvi fazer é ver se focando nesse novo “trabalho” eu poderia aumentar ainda mais o faturamento. E foi acontecendo conforme eu me dedicava mais a fazer conteúdos e até os contatos comerciais.

Você tem muitos eventos para ir e recebe muitos presentes. Existe algum lado ruim de ser blogueiro?

Realmente, hoje eu recebo diariamente alguma coisa em casa e vários convites para eventos. Acho que o “lado ruim” que eu vejo de ser blogueiro é não ter hora para descansar e nunca tirar férias. Hoje para mim qualquer horário é momento de trabalhar, logo que os usuários estarão na internet buscando conteúdo. Assim como não vejo alguma chance de tirar “férias”, como um funcionário normal que trabalhe em uma empresa. Eu e alguns amigos blogueiros brincamos que “a internet nunca tira férias”.

O conteúdo masculino na internet tem se tornado cada vez mais forte. Quando você criou o blog, tínhamos pouca coisa a respeito do universo masculino na web? Comente.

Quando criei o MPH (Moda Para Homens), em 2009, o universo masculino era pouco abordado. Já existia um ou outro blog que falava de comportamento e algumas novidades masculinas, mas para o lado da moda masculina era um “deserto do Saara”. Foi por isso que decidi fazer um blog sobre o assunto. Eu estava me interessando bastante por moda masculina, mas não tinha nenhuma fonte para ler, então decidi ir estudando e compartilhando o assunto com os futuros. Foi assim que nasceu o Moda Para Homens.

Se comparado com o seu emprego anterior, você está mais feliz? Por quê?

Confesso que eu estou feliz. Essa é a grande diferença! Eu nunca fui “feliz” nos meus empregos. Eu no máximo estava alegre, mas ser feliz exige muito mais. Exige estar bem com você mesmo e querer que os outros também estejam, senão você não consegue nem atingir esse estado. E dentro de uma agência de publicidade, quem conseguir ser realmente feliz, merece Cannes.

Você escreve sobre cerveja no blog? Qual sua relação com a bebida?

Escrevo bastante sobre cerveja. Eu sou um grande apaixonado pela bebida. Confesso que até entrar no universo de blog eu gostava de beber, mas não sabia apreciar. Foi quando comecei a participar de eventos e ver o surgimento das cervejas artesanais no país, que comecei a ver a diferença das cervejas. Hoje brinco que já não consigo mais beber uma cerveja, apenas degustar.

Como você avalia a cerveja Heineken®? Considera tomar com os amigos?

Quem me conhece sabe que eu sou um grande fã da Heineken®. É a cerveja do dia a dia que eu recomendo para todos meus amigos e familiares. Isso porque é a única que eu conheço - com um bom preço e que se encontra em qualquer mercado e que tem apenas 3 ingredientes: água, malte e lúpulo. Sem conservantes, cereais não maltados, estabilizantes, etc. A Heineken® é a cerveja que está sempre na minha geladeira.

Teve alguma experiência com a cerveja Heineken® que você se lembra e que irá ficar na memória?

Eu sou suspeito! Já participei de alguns eventos da HEINEKEN e sempre foram sensacionais. Mas, uma experiência que me marcou bastante foi uma viagem para o Rio de Janeiro para conferir o lançamento de uma edição comemorativa do filme 007, com uma super festa montada no alto do Morro da Urca.

Quais são as principais dicas para quem está pensando em criar um blog e viver disso?

Quem vai criar um blog e quer viver disso tem apenas uma opção: gostar de escrever, fazer com amor e profissionalismo.

Compartilhe