Logo We Love Beer
Museus da Cerveja: conheça 4 museus dedicados à história da bebida

Museus da Cerveja: conheça 4 museus dedicados à história da bebida

Os museus nem sempre ganham lugar de destaque nos roteiros de viagem. Mas, se você é um apaixonado por cerveja, não vai querer deixar de visitar museus que são dedicados à história da bebida. Existem vários espalhados pelo mundo e alguns deles, como o Heineken Experience Museu, são totalmente interativos, o que permite que o visitante tenha uma experiência única.

Resolvemos contar um pouco sobre alguns dos grandes museus cervejeiros espalhados pelo mundo, para que você os inclua no roteiro numa próxima viagem.

Museu da Cerveja de Blumenau: A capital da cerveja brasileira também abriga um museu, o Museu da Cerveja, que está localizado na Praça Hercílio Luz, em Blumenau. Ele conta a história da bebida desde os primórdios no Egito até os dias de hoje com uma linha do tempo cervejeira. Lá, você encontra algumas peças bem antigas e representativas para a história local, tais como uma enchedora de garrafas datada de 1890, utilizada pela Cervejaria Feldman, uma arrolhadora de 1892 e uma chopeira manual utilizada na Oktoberfest de 1984. O Museu da Cerveja de Blumenau está aberto à visitação todos os dias e a entrada é gratuita.

Heineken Experience: Um dos pontos turísticos mais conhecidos da cidade de Amsterdã é o Heineken Experience Museum, ou Museu da Heineken, como é conhecido por aqui. Ele está instalado na primeira fábrica da marca, datada de 1863, iniciada por Gerard Adriaan Heineken. A estrutura foi desenvolvida para proporcionar ao visitante uma experiência única, como conhecer a produção de uma cerveja dentro de um cinema 4D, brincar com realidade aumentada, espaço para fotos e fazer uma degustação guiada da Heineken. Depois de todas as atrações, você ainda senta num bar para degustar mais dois chopes de Heineken. Além de vários souvenires, você pode comprar uma garrafa Heineken gravada com seu nome. A entrada custa 18 euros e tour guiado dura aproximadamente 1 hora e 50 minutos.

Museu da Cerveja de Plzeñ: na cidade de Plzeñ, ou Pilsen, como é conhecida, você pode visitar o Museu da Cerveja, os túneis subterrâneos e o acervo histórico da cervejaria Urquell. O Museu da Cerveja funciona em uma antiga fábrica da bebida, datada de 1400, e possui um acervo histórico muito rico, gerenciado pela Urquell. No destaque, está uma maquete de uma cervejaria que realmente funciona. Equipamentos antigos e canecas de porcelana pintadas à mão também fazem parte da exposição. Na cervejaria Urquell, você pode fazer um tour guiado que conta a história do surgimento do estilo da cerveja, além da visita a sua famosa cave subterrânea, onde os barris são armazenados em temperaturas bem baixas. É preciso agendar os tours guiados com antecedência.

Museu da Cerveja de Sapporo: o Japão também possui um museu dedicado à sua história cervejeira, o Museu da Cerveja de Sapporo, localizado na cidade de mesmo nome. A cervejaria adquiriu o prédio em 1903 e, em 1987, a fábrica, que da era Meiji, foi reformada para dar lugar ao Museu. Assim, o edifício adjacente de tijolos vermelhos se tornou o Sapporo Beer Garden. Lá, é possível conhecer equipamentos utilizados para a produção da cerveja e as transformações que ocorreram no decorrer dos anos. No final, há uma degustação no Beer Garden de quatro rótulos diferentes e a chance de conhecer restaurantes em espaços históricos, como o Genghis Khan Hall, que foi desenhado inspirado em uma cervejaria rústica alemã.

Compartilhe