Logo We Love Beer
Curiosidades
 Pumpkin Ale: A cerveja consumida no Halloween produzida com abóbora

Pumpkin Ale: A cerveja consumida no Halloween produzida com abóbora

Fazer cerveja nunca foi uma tarefa simples, principalmente quando o assunto é inovar na receita, pesquisando ingredientes, proporcionando experiências sensoriais únicas. Mas às vezes, a criatividade deixa de ser uma opção e passa a ser necessidade. Por exemplo, se tivessem que produzir uma cerveja sem malte de cevada, qual seria o plano? Isso aconteceu de verdade nos Estados Unidos, em meados de 1700 e o que salvou os americanos de ficarem sem cerveja foi a criatividade e a abóbora. Foi nessa época de escassez de ingredientes que surgiu a Pumpkin Ale, feita 100% com abóbora. Que tal conhecer um pouco mais sobre esse estilo que atualmente faz parte da cultura cervejeira mundial?

Até o século XVI os europeus desconheciam a existência da abóbora. Já nos Estados Unidos o vegetal era fácil de encontrar. Na época, muitos ingleses que viviam em terras americanas tinham o interesse de fazer suas cervejas, mas sofriam com a falta de malte de cevada, matéria-prima quase que indispensável na produção de cerveja. O quase é porque tentaram encontrar um jeito com outras opções capazes de serem fermentadas. Foram muitas tentativas, incluindo melaço, nabos, espigas de milho e outras.

A estação de outono ajudou os cervejeiros que viviam nos Estados Unidos na época. Junto com ela chegou a colheita de abóbora que logo começou a fazer parte das receitas de cerveja. A partir, daí o estilo Pumpkin Ale foi criado. O fato dessa cerveja ter nascido no mês de Halloween e levar abóbora em sua composição, fez com que se tornasse uma bebida ideal para a data. Inclusive, algumas cervejarias que produzem sua Pumpkin Ale estampam em seu rótulo o famoso Jack O’Lantern.

No começo do século XIX os americanos acabaram superando a falta de cevada e malte e o acesso começou a ficar mais fácil. Com isso, acabaram parando de produzir Pumpkin Ale. No entanto, no final dos anos 80, o estilo foi ressuscitado. Naturalmente,de uma maneira diferente. Era uma cerveja mais moderna, com malte e especiarias em sua composição.

Atualmente a cerveja continua sendo produzida a todo vapor. A receita continua evoluindo, mantendo especiarias entre os ingredientes, como canela, cravo, pimentas, noz-moscada e gengibre. Ao contrário da primária, essa possui malte de cevada em sua composição, além da abóbora, claro, que pode ser inserida durante a produção “in natura”, em pasta, assadas, calda e em diversos momentos do processo. Nos dias de hoje, o estilo geralmente é produzido na época de Halloween, ou seja, de maneira sazonal.

A cerveja do estilo Pumpkin Ale de hoje normalmente possui gosto adocicado e facilmente se identifica no aroma e paladar a abóbora. É possível escolher qualquer estilo de cerveja como base, desde que tenha equilíbrio entre os ingredientes escolhidos, fazendo com que a cerveja seja deliciosa e inovadora.

Compartilhe